É dada a largada!

16:54

Passado o susto da descoberta é hora de correr pro médico! Como eu não tinha um ginecologista, e não queria percorrer todos os médicos credenciados pelo meu plano de saúde até conhecer um que me desse segurança, optei em consultar o ginecologista da minha mãe. E me apaixonei por ele! Fomos eu e meu namorado na "nossa" primeira consulta. Já cheguei com alguns exames de sangue e a ecografia, todos solicitados pela minha médica que é clinica geral. Lembro-me bem que quando saímos da consulta, minha mãe foi falar com ele. Ele olhou bem em seus olhos e disse “Que susto hein! Agora está tudo bem!”.
Daí em diante começaram as baterias de exame. Precisávamos ver como estava a minha saúde e a da Sophia (nessa altura eu já tinha sexo e nome definido).
No período conhecido como "pré-natal", que compreende os três primeiros meses da gestação, as futuras mamães precisam fazer alguns exames e tomar alguns cuidados extras com a saúde. O cuidado com a alimentação deve começar antes mesmo de engravidar.  Ingerir alimentos mais saudáveis e ricos em vitaminas é um bom começo, mas se isso não for suficiente, alguns médicos optam por dar complementos vitamínicos para que a mamãe e o bebê possam passar os nove meses bem nutridos. Quando as futuras mamães procuram seus médicos relatando o desejo de engravidar, eles já recomendam que elas comecem a tomar ácido fólico, ou vitamina B9. Essa vitamina tem função de auxiliar no tratamento de algumas doenças cardiovasculares, mantém os espermatozóides saudáveis, reduz risco de mal de Alzheimer e é um componente indispensável para uma gestação nota mil, afinal combate a anemia e participa da formação do tubo neural do feto.
Nas férias de janeiro de 2008 eu e meu namorado descobrimos que as quartas-feiras o cinema era mais barato e fizemos um acordo de que iríamos todas as quartas-feiras no cinema. Como o ingresso era mais barato, a gente comprava baldão de pipoca e refrigerante.

Numa certa madrugada de sono mal sucedido eu liguei a televisão e estava passando um programa sobre a plantação de grãos nos solos paranaenses e sua importância na alimentação. Arroz, soja, trigo, cevada, aveia, milho. Aí começaram a falar sobre receitas e dicas para uma boa alimentação e falaram da pipoca, que é um alimento de baixas calorias se feito com pouco ou nenhum óleo, saboroso e rico em ... ÁCIDO FÓLICO! Sim queridas amigas, pipoca é rico em ácido fólico. Eu não tomei nenhuma drágea de vitamina B9, mas me diverti muito no cinema comendo baldes, combos mega gigantes de vitamina B9! Comecei a chorar vendo a matéria e tendo certeza que Deus cuidou de mim e da Sophia, mesmo eu nem sabendo que ela já estava crescendo no meu ventre!
Depois de todos os exames feitos e tendo a certeza que Sophia estava bem, cheia de saúde e sem nenhuma deficiência, era hora de começar a preparar o enxoval.

Obs.: Olha, não é só comendo pipoca que a gente consegue a vitamina B9. Espinafre, gema de ovo, fígado e vegetais de folhas verdes são ótimas fontes de ácido fólico. Eu não tenho nenhum dado de que somente a ingestão de pipoca seja suficiente, meu relato é o testemunho de que Deus já estava cuidando da minha gestação, porque eu não como nenhum desses outros alimentos que me dessem vitamina B9 e porque eu também não previ nem imaginei que estava grávida durante o período pré- natal. 

VEJA MAIS POSTS SOBRE

1 comentários

  1. Oi Marcella, conheci seu blog atravez da Telma, já estou te seguindo!

    Meu Deus quanta coincidência!!! Também tenho 23 anos, sou de Curitiba e descobri que estava gravida com 4 meses em um teste de farmácia e quando fiz a primeira eco já descobri o sexo!!!!

    Ainda não li todo o blog mas já estou adorando!

    Beijos Ju

    ResponderExcluir

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.