Pequenas Misses

18:33

Já falei aqui no blog que adoooro o canal Home & Health .... se tivesse TV a cabo, com certeza seria a maior briga pelo controle: eu no Home & Health, Ramon no Warner e Sophia no Discovery Kids. Adoro programa com temática familiar, principalmente se falam de filhos. Troca de esposas (nem sei se ainda existe esse programa), Supernanny, Adolescentes Rebeldes, Não sabia que estava grávida (HÁ ... super me identifico) ... até Acumuladores!!! Agora tem um programa que gosto de assistir, mas que irrita a todos que estejam assistindo televisão junto comigo: Pequenas Misses.

Antes de assistir a esse programa, havia assistido o filme que A-DO-RO, Little Miss Sunshine (Pequena Miss Sunshine). Quem não assistiu super recomendo. Toda a história gira em torno da família que quer levar a filha caçula para participar de um concurso de beleza infantil, algo muito comum nos EUA.

Minha educação sempre foi muito “rígida” e digamos, em moldes mais tradicionais. Lembro-me muito bem que enquanto minhas amigas faziam mechas nos cabelos (umas até coloridas) eu pude fazer luzes nos cabelos aos 15 anos (sim, não tive festa, não debutei nem viajei para a Disney, ganhei as luzes); Fazer as unhas da mão foi com 13 e só cores clarinhas ... minhas amigas passavam rosa, preto, azul e eu renda!; Namorar?? Jamais ... no máximo ficar “paquerando” algum menino da escola, mas nada de dar o telefone para ele ligar; Telefone celular fui ganhar quando estava fazendo terceirão! Antes disso minha mãe me emprestava o dela se eu ia ao shopping; Falando em shopping, pude ir sozinha com minhas amigas com 16 anos.    

Na época ficava revoltada, brava, achava meus pais os piores pais do mundo!! “Eles não foram adolescentes!!” ... Todas as vezes que eu fazia algo errado, e minha mãe ficava triste, ela sempre dizia “Um dia você será mãe e vai entender isso que estou sentindo”...

Deus me abençoou com um frutinho. Nunca pedi, nem sequer desejei, mas Ele me abençoou. Como já falei aqui, não foi fácil aceitar, entender, digerir a idéia da maternidade. Precisei somente aceitar. Esse frutinho tinha pernas, braços, olhos, nariz, boca, orelha, cabelo, bumbum e uma perereca ... Lembro-me que precisei fazer uma ecografia muito importante no quinto mês de gestação. Como não tive pré-natal, foi preciso fazer uma eco com um especialista em cirurgia fetal, pois, qualquer anomalia, seria preciso intervir imediatamente. Exame vai, exame vem e ele perguntou “Deseja saber o sexo?” ... “Doutor, na outra ecografia que fiz o médico disse que era menina, tem chance dele estar errado?” ... “Vamos ter certeza então!” .... ele mexeu aquele aparelhinho de um lado para o outro, achou a genitália e travou a imagem “É menina, beeeeem menina” ... era uma suuper pererecona!!

A partir daquele momento, precisei começar a me preocupar com questões que, até então, jamais passariam pela minha cabeça. Como educar, criar, formar uma filha? Como tratar, chamar e pegar minha filha? Eu havia uma pedra preciosa, um diamante que somente eu poderia lapidar. Peço muito a Deus que me dê sabedoria para guiar Sophia no caminho correto.

Voltando ao programa “Pequenas Misses”. Quando vejo aquelas mães, pais, avós incentivando suas filhas/netas para que sejam “lindas e graciosas”, que “sorriam e acenem”, que tenham postura ereta e olhar fixo nos jurados, pois só assim conseguiram a coroa de miss, preciso me questionar: qual será o destino, o futuro dessas crianças?! Como pode uma mãe/pai exigir de uma criança menor de seis/sete anos que ela seja a mais bela, a mais bonita, a mais alegre, a melhor em tudo aquilo que é externo?! Qual será a solução para um desemprego do marido dessa mulher que quando tinha 5 anos foi eleita a menina mais bonita do estado?!

Será que estou me preocupando com o supérfluo ou o supérfluo faz a gente se preocupar com o que não deve? O que quero para a minha filha? Que valores quero “exigir” dela?

No início do ano, houve uma apresentação na escola da Sophia. Todos os alunos confeccionaram um livro e houve uma apresentação para a entrega do livro. A diretora veio explicar os motivos e como foram realizadas as atividades que envolviam a criação do livro. Após a apresentação, houve um coquetel para uma confraternização entre os pais. Tenho muito orgulho de dizer que todos, eu disse TODOS os pais vieram falar comigo! Eles queriam saber quem era a mãe da Sophia, afinal, todos os filhos falavam da Sophia. Até fizemos os amigos entrarem para as aulas de natação e ballet, porque a Sophia fazia. A diretora veio me parabenizar pela filha que tenho. Uma das mães, por sinal, mamãe da “melhor amiga da Sophia”, questionou a professora “Mas quem é Marcella?” ... a professora não entendeu a pergunta “Marcella, como assim?!” ... “Quem é a Marcella, é alguma amiguinha da sala?” ... “Não tem nenhum Marcella na sala mãe, por que?!” ... “A Laura brinca com as bonecas e uma é a Sophia e a outra é a Marcella, quem é Marcella?!” ... “Marcella é a mãe da Sophia!” ... Descobrimos que Sophia falava tanto de mim que a Laura me incluía nas brincadeiras dela!

O que eu quero mais da minha vida .....  

Minha Pequena Miss



VEJA MAIS POSTS SOBRE

14 comentários

  1. Também me preocupo muito com a educação do Bruno, agente sempre quer o melhor não ´se? E hoje já acho que embora eu tenha tido um educação rigida, sei que foi pro meu bem. ainda ontem eu dizia pro meu marido que este mundo está me preocupando. Devemos  plantar muita coisa boa no coraçãozinho de nossos filhos. Cris
     http://olhopreguicoso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Sophia!
    Você é mesmo uma missssss!

    fofura!

    ResponderExcluir
  3. Ai Má,
    Que coisa mais gostosa, não tem nada que pague isso não é mesmo??? A Sophia é princesa linda da família e orgulho da mamãe!!!
    Bjos querida

    ResponderExcluir
  4. Haaaa Ma q orgulho heim?! Parabens!!!
    Tb ja assisti esse programa de peq. misses e como vc tb achei absurdo!
    Quero muito q a Clara cresça sabendo q os verdadeiros valores não são dinheiro e nem beleza!!!!

    Bjus e post maravilhoso!

    ResponderExcluir
  5. querida, sou nova neste mundo de blogs e gostaria de saber como faço para colocar marcad'agua em minhas fotos? Ou quem procuro, se quiser pode enviar para meu em-mail: crisinhaeu@yahoo.com.br. Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  6. É Marcella, aquele programa é uma loucura. O duro é que nem semrpe são pais que precisam da grana das filhas para se sustentar... muito gastam horrores para participarem dos concursos. Eu acho o programa muito chato e não vejo, vi somente umas duas vezes e nunca mais. Prefiro os outros que tem na programação e que me ensinam coisas legais.
    Quanto aos valores que vc passa para sua filha, pelo que leio e acompanho daqui estão no caminho certo e mesmo ela vindo fora de hora e sem planejamento, vc está se saindo super bem no papel de mãe. Vc está sumida mesmo do meu blog, aparece por lá. Beijos mil

    ResponderExcluir
  7. Má, puxa muito obrigada! Fico muito feliz quando algo que escrevo entra no coração de alguém como algo positivo. Você mudou sozinha seus pensamentos e atitudes. Decidiu ser feliz! E será tenho certeza! Sobre as misses, acho um absurdo o que fazem com as crianças! Valores errados, muita pressão e exposição. Se fosse eu no lugar iria odiar os meus pais por terem feito isso comigo. Crianca tem que brincar e receber carinho. Só isso! Nao é porque o filho ou filha é lindo que a mãe tem que impor a ele ou ela que seja modelo, nao acha! Nunca vou mandar fotos do meu filho para concursos ou revistas. Para que?! Quero preserva-lo dessa exposição ridícula. Para mim isso é falta de noção e tb vaidade exagerada dos pais! Quem ler isso vai me jogar pedras, mas sempre digo minha opinião. Quem quiser concorde ou nao, e argumente!!! Amiga, a Sophia é incrivelmente esperta para a idade (por isso é líder da turma) e te ama muito!!! Que orgulho ter uma filha assim!!! Pra você ver que ela quis vir mesmo cedo na sua vida para te fortalecer e te fazer muito feliz! Beijos

    ResponderExcluir
  8. Que linda! A Giulia tbm coloca meu nome nas suas bonecas!
    Menina, o Home e Healt já foi bom viu, hj em dia é só programa sobre moda, eu gostava mais quando era sobre partos, gravidez...Beijos

    ResponderExcluir
  9. Aaaaaaaaaaaa que coisa mais linda do mundo essa boneca! Sim, porque essa pequena da foto tá parecendo uma boneca com essa roupinha e essas chiquinhas! Amei!
    Má, se eu fosse a Sophia também falaria muito da minha mãe tão maravilhosa e carinhosa! Nem sou a Sophia e já falo da Marcella o tempo todo... Minha mãe já se sente super íntima de tanto que ela escuta seu nome.. Hehehe
    Beijinhos em você e nessa bonequinha linda de viver

    Paty
    www.profissaomamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oh Marcella, quem é essa figura ai? Menina, que coisa mais linda é essa sua filha? Amei a pose!!! Nasceu pra isso viu? KKkkkk

    Bjo Jana

    ResponderExcluir
  11. Marcella a minha criação foi parecida com a sua e hoje espero poder fazer o mesmo com minha filha....

    Adorei o post e a reflexão...
    A Sophia está linda....
    Beijinhos
    Carol

    ResponderExcluir
  12. Gosto de concurso de mini misses.
    É ele continuará existindo mesmo as * mães perfeitas* criticando :)

    ResponderExcluir
  13. Gosto de concurso de mini misses.
    É ele continuará existindo mesmo as * mães perfeitas* criticando :)

    ResponderExcluir

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.