Carta ao Papai Noel Mon Maternité VIII

10:00

  

Não posso reclamar da minha infância, nunca passei fome nem morei em lugares ruins, pelo contrário, na medida de possível, sempre tive coisas muito boas. Mas se posso ser honesta, nunca tive brinquedos! Durante toda a minha vida tive apenas uma boneca e cinco Barbie (destas, duas eu ganhei de amigas que achavam feias e por isso me deram). Tive dois jogos de tabuleiro, um foi um “Banco Imobiliário Junior” que ganhei da minha madrinha e estava aberto porque meus primos haviam jogado e o outro foi um “Jogo da Vida” que ganhei quando tinha quatorze anos. Hoje, confesso à vocês que não desejo isso para minha filha; não quero enche-la de brinquedos e presentes inúteis para que ela guarde na gaveta, mas faço de tudo para proporcionar à ela aquilo que EU não tive.

Fico muito feliz quando as mamães foram enviando suas cartinhas e confiando no meu espaço para contar num resumo tudo aquilo que elas compartilham em seus blogs. Hoje, a cartinha é da querida Jamilly, mamãe do Lucas que escreve no blog Mãe Para Sempre!



Escrever uma cartinha para o Papai Noel contando sobre o ano de 2011, esse foi o convite da querida Marcella Stelle, e é claro que eu adorei, qual mãe não gosta de falar sobre seus pequenos? eu adoro!

Bom meninas, meu Lucas nasceu em 2010, mas foi em 2011 que ele mais se desenvolveu e fez sapequices! Seu primeiro aninho em março, fizemos um festão(para mim, foi a festa do ano) apesar das críticas para que eu desistisse da festa, ela foi feita e organizada por mim, pensei em cada detalhe, visitei vários buffets. Foi um ano de espera por essa data tão marcante. O primeiro ano representa tudo para uma mãe, grandes são as transformações que passamos, como mulher, como esposa e nos descobrimos mãe, nos vemos com responsabilidades, medos, ansiedades e nos deliciamos a cada nova descoberta. Então, por que não celebrar essa data? Esse foi meu pensamento, seja como for a festa, o importante é que seja feita com amor!


A escolha do tema da festa foi totalmente baseada no meu pequeno, Backardigans, que ele simplesmente adora. Preocupei-me com cada parte da festa. Nesse dia, ele acordou doentinho, com febre, tava tão enjoadinho, que ficou murchinho a festa toda. Saiu nas fotos com uma carinha de cansado, sei que não era o melhor momento para ele, mas quando ele crescer espero que goste das fotos que ficarão como lembrança!
No ano de 2011, tive um susto dos grandes, o Lucas pegava gripe uma atrás da outra, não saía de casa, pois um simples vento o fazia gripar, e não era uma gripizinha, pelo contrário, ele ficava semanas com o nariz escorrendo, por diversas vezes íamos fazer fisioterapia respiratória para ajudar a soltar a secreção do pulmão. Em uma das consultas, a pediatra dele, já preocupada, nos deu a notícia que ele teria que usar uma bombinha de respiração por alguns meses, para desinflamar o pulmão, saímos do consultório arrasados, porém não aceitamos essa inflamação e começamos a pedir a Deus para trazer a saúde do nosso pequeno. Eu ficava me perguntando o que fazia de errado, o que eu podia renunciar mais para ele não gripar tanto( foram muitos passeios e viagens renunciadas). Mas a resposta do papai do céu veio rápida. O Lucas parou com as crises de gripe, parou de usar antialérgicos! E eu parei com minha neura de não sair com ele!

Durante todo esse ano, foi dedicação total ao meu pequeno, não trabalhei, não fiz minha pós- graduação. Passei meus dias entre fraldas, mamadeiras e brincadeiras! Muitas foram as maravilhas ao lado do meu filho, vê-lo crescer me enche de alegria sem fim. Suas primeiras gracinhas, seus primeiros gritinhos, seus primeiros passinhos ficarão guardados para todo sempre em meu coração!

Muitas incertezas e dúvidas passaram pela minha mente: andador, pode ou não pode? optei por colocá-lo aos 7 meses e retirei aos 9 meses. Todo bebê engatinha? O Lucas só se arrastava e eu ficava desesperada de preocupação, só veio a engatinhar de verdade com 11 meses, quando já estava querendo se aventurar a andar. Quando ele irá aprender a andar? andou tarde, só teve coragem de se soltar com 1 ano e 2 meses!

Parte nesse atraso do Lucas em engatinhar e andar são culpas que carrego, não o deixava no chão, devido às sucessivas crises de gripe, meu pequeno só conheceu de fato o chão aos 9 meses, aí sim ele pode ficar sentadinho no chão e se aventurar levantando nos móveis e andando se segurando.

Mas não foram só dúvidas, também tive minhas certezas, sei que fiz a melhor escolha em alguns momentos, orgulho-me em dizer que não atrasei as vacinas, esforcei-me para da de mamar( ele não quis por muito tempo), não apresentei a ele refrigerantes e guloseimas.

Existe um elo lindo entre nós, O Lucas é super apegado a mim, sei que isso não é de todo bom para ele, mas adoro ver a preferência por mim! Fiz a decisão de matriculá-lo na escola, iniciará só em janeiro, mas já estou sofrendo de modo antecipado. Sei que vai ser maravilhoso para ele conviver com outras crianças, aprender coisas novas, será uma fase de descobertas e aprendizados. Assim, ficarei mais tranquila para iniciar também uma nova fase na minha vida: a de mãe que trabalha fora! O nosso elo continuará enorme, mas sei que vou sentir muita falta dele, mesmo que seja por apenas 4 horinhas, talvez eu sinta mais sua ausência do que ele da minha.

Bom meninas, tanta coisa para escrever, tantas alegrias ao lado do meu filho que passaria folhas e folhas escrevendo!(kkk)

O que eu espero de coração para 2012 é que todas as bençãos alcançadas em 2011 continuem firmes e fortes e que muitas outras venham! Que seja um ano repleto de muito amor, paz e realizações para minha família. E quem sabe também venha um irmãozinho ou irmãzinha para o Lucas(meu marido nem sonha com isso kkk).

E para vocês queridas leitoras que venham muita luz e paz em seus corações, muita sabedoria para criar seus pequenos, muita saúde e principalmente muito AMOR!


Abraços

A querida mamãe Jamilly e o príncipe Lucas!


Os primeiros dias, meses não são fáceis na maternidade! O primeiro ano de vida é cheio de mudanças para todos aqueles que convivem com o frutinho, mas nada se compara a mudança realizada na vida da mãe. Passamos a nos colocar em segundo, terceiro, último plano quando o assunto é a vida dos nossos filhos. Nossa vida se torna tão pequena diante da grandeza daquele amor que nasce no primeiro olhar.

Já está quase chegando o Natal. É hora de apressar o Papai Noel para que dê tempo de todos receberem seus presentes ... então, será que amanhã teremos mais cartas? É esperar e nos visitar ....       

VEJA MAIS POSTS SOBRE

3 comentários

  1. Obrigada Marcella pelo carinho e oportunidade!!!

    ResponderExcluir
  2. Desejo pra você e sua família um Feliz Natal cheios de benção e alegrias.
    Bjks

    Andréia, Sandro e Samuel♥
    http://cantinhodosam.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.