Estaríamos nós num Big Brother?!!

10:00

Estou surpresa, chateada, triste ... pode parecer bobagem de mulher sensível, mas sabe quando estamos na escola, lá pela quinta ou sexta série e o grupo mais popular da sala decide excluir você das atividades, da escolha para o time na educação física ou da rodinha de bate papo na hora do recreio?!? Então, confesso que estou me sentindo assim de uns tempos para cá!

Não, não estou na escola .... nada haver com estudos, é com a blogosfera mesmo!

Sei que estou muito longe de ser uma mãe influente, minha opiniões nem sempre são vistas como corretas e estou mais para liberal do que tradicional, mas de um tempo para cá tenho sentido resistência por parte de muitas mamães blogueiras que antes pareciam ter afinidade.

Não estou nem entrando no mérito da Blogagem Coletiva, sabia que jamais teria uma aceitação e colaboração tão maciça quando de blogs/sites mais antigos e influentes, mas estou falando de companheirismo, camaradagem, gentiliza!

Há alguns meses criei o grupo de discussão no Facebook Mon Maternité [convido as mamães a participarem, lá podem publicar posts dos blogs e começar discussões e trocas de experiências], como existem o Recanto das Mamães Blogueiras, Mothers and Bloggers, De mãe pra mãe entre outros ... e, quando fui convidar algumas mamães blogueiras que são minhas “amigas” na rede social me deparo com a seguinte mensagem:



Achei estranho porque não achava o nome das pessoas na lista e fui atrás e descobri que eu já tinha feito os convites, porém sei lá por quais motivos decidiram sair e bloquearam novos convites para participar, agora ela é quem precisa pedir. EI ... como assim?! E muitas eram usuárias, até publicavam e comentavam ... Infelizmente não tem como não levar isso para o lado pessoal!

Quando assisto ao BBB e tem noite de votação, me sinto tão indignada com aqueles papinhos mais bobos de “Ai Bial, eu não queria votar nessa pessoa, mas é que fica difícil votar, eu gosto de todo mundo e optei pelo critério de afinidade e essa semana foi a pessoa que menos tive contato na casa então vou votar nela” .... acho mais legal dar a justificativa que é porque quer se defender e ganhar o jogo então vou votar no que tem mais chance de sair do que ficar falando “Eu te amo mas quero você fora daqui”. Sabe, infelizmente me senti assim ao ver essa mensagem ... daí a gente para e analisa que some do blog, nunca mais deixa comentário ... ou seja: não gosto de você!

Entendo, ninguém é obrigado a gostar de alguém, muito menos ler a minha história  ... mas sei lá, a gente faz tudo de coração, mas é realmente impossível agradar a todos.

Confesso que fiquei triste; triste porque não esperava, mas a gente precisa de uns “paredões” da vida para realmente descobrirmos quem é nosso amigo e deseja caminhar juntos até a grande final ou quem dança na festa e vota com a desculpa de que é só “falta de afinidade”.

do Google 

VEJA MAIS POSTS SOBRE

11 comentários

  1. Ohhhhhh, pode ficar triste, mas só por 5 minutos! Olha, sobre essas coisas das redes sociais às vezes o erro é deles mesmo. Acredita que eu não consigo assinar o feed do blog que participo (o Donas de Casa Anônimas) com meu e-mail? Parece que meu e-mail foi banido, rsrsrs.
    Não conta muito, mas quer saber? Eu gosto de você!

    ResponderExcluir
  2. Má não fique triste!
    As vezes essas pessoas saíram do grupo do face pq é difícil interagir com todos, e quanto a comentários e visitas aos nossos blogs eu entendo que as vezes a vida é corrida e simplesmente não da tempo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ma não se sinta no big brother. Lá é tudo movido pela emoção e por 1 milhão e meio de reais... Aqui é assim.. Tem gente que se sente a última bolacha do pacote e tem gente menos influente... Tem gente que nem se lembra que meu blog existe, mas tem gente que aparece por lá todos os dias.. Vamos viver em harmonia com quem quer estar coma gente.
    Mas as vezes as pessoas somem e não é porque não gostam da gente. É porque não tem tempo..

    Beijocas
    Carol

    ResponderExcluir
  4. Ai Má... essas coisas são difíceis mesmo.
    Um dia desses postei uns selinhos de presente no meu blog e ninguém retornou para agradecer ou pelo menos dizer um oi e conhecer meu espaço. Fiquei meio pra baixo mas coloquei na cabeça que não estou buscando público só quero fazer do meu espaço um lugar legal para registrar o crescimento da Sophia, minhas preocupações, angústias, etc
    Se os leitores forem aparecendo ótimo. Seja o que Deus quiser.
    Apoie-se nas amigas virtuais que te prestigiam. Um dia desses eu adicionei como amiga uma moça que fez uns personalizados para a festa da Sophia e ela disse: cuidado com o pessoal que conhece pela net, nem sempre são amigas de verdade. Te passo o que ela me passou. Não podemos depositar nessas pessoas muita esperança afinal as conhecemos pouco. Mas bola pra frente. bjosss e conte comigo! Te adoro! Adoro seu blog, sorteios, blogagens coletivas!

    ResponderExcluir
  5. Marcella, Vou compartilhar da sua dor. Isso aconteceu comigo também, mas me senti tão insignificante que me calei e consenti, fiquei tão triste que não consegui externalizar essa dor, agora ao ler seu relato me senti maior, foi como se eu estivesse gritando com vc "ei, nós estamos aqui e também queremos fazer a diferença".
    Também tenho me sentida excluída de alguns grupos e comentários, acredito que pode ser pelo jeito de eme expressar ou sei lá porque. Mas o importante é que ainda restam pessoas como você, que com todo jeito e delicadeza conseguem falar sobre nossas dores e fazer com que sejamos ouvidas e respeitadas. Fiquei tão emocionada agora que já estou ficando repetitiva, bjuuuuu

    ResponderExcluir
  6. Ma, não fique assim...
    ás vezes as pessoas saem do grupo porque não conseguem interagir com todos os grupos e até por falta de tempo.

    Não fique triste que nos te adoramos!!!
    bjss

    ResponderExcluir
  7. Ah querida nao de demasiada importancia a isso ...
    E normal na internet rs
    bj

    ResponderExcluir
  8. Minha flor do jardim mais florido do mundo, o teu blog não está atualizando nas minhas listas de blogs, vi essa postagem no grupo do Recando das mamães blogueiras e entrei porque adoro ler seus posts mesmo você não aparecendo eu meu cantinho, mais isso não vem ao caso.
    Bom eu por muitas vezes já me senti assim, mais fazer o que, temos que fazer isso tudo para nossos bebes e é isso que importa, eu por exemplo não fui convidada pra participar do seu grupo no face e sem problemas claro, só quero que você fique bem sem essas neuras, tudo corre bem daqui pra frente você vai ver ;)

    beijos

    ResponderExcluir
  9. Ah Má!! Nada disso...ok!!
    Quanto ao não aceitar os convites eu até entendo vc se chatear..mas bola pra frente.(Particularmente sou incluída em tantos grupos que nem sei em quais eu estou..ou não!)
    Agora a vida é corrida de mais...posso falar por mim...passeio por muitos e muitos blogs...na soneca do theo...de noitão...mas nem sempre é possível comentar..ou participar de assuntos! Por pura falta de tempo. E eu entendo quando acontece isso lá no meu blog tb...é impossível participar de tudo...a mamisfera é imensa. Mas se sinta abraçada agora..ok!! bjoss

    ResponderExcluir
  10. Má, nos paredões da vida tem vários pontos de vista. No meu paredão, você é a vencedora.
    Continua escrevendo e abrindo seu coração com os outros. Tenho certeza que faz bem pra muita gente.
    Beijo.


    shakespearedebatom.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Amiga, que isso?? Ficar triste por esse tipo de gente, não vale! Concordo com a Carol, a gente tem que ficar feliz com quem quer estar perto da gente, o resto é resto! Por isso, nada de ficar triste,hein?
    Beijooooos

    ResponderExcluir

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.