A vida como ela é ...

12:30

E foi isso que eu descobri que quero fazer quando crescer: viver! Postei AQUI o resultado do sorteio do blog Mon Maternitéem parceria com o Mercado do Bebê que estava gravado no meu computador desde o dia dezoito de julho, mas eu não tinha conexão com a #blogosferamaterna aonde eu estava.

Tudo começou AQUI no post do TV RECANTOonde eu achei e me achei falando que durante as nossas férias de inverno eu iria descansar e dormir muuuuito! Há Há Há, pegadinha do Malandro, só pode! Tudo o que eu havia idiotamente planejado rodou, girou e se transformou numa aventura épica que (IN)felizmente ficará eternizada nas nossas vidas!

Primeiro dia de férias, segunda-feira, dezesseis de julho e eu decidi que iriamos almoçar no shopping, um dia de almoço porcaria não tem problema né?! Fomos e percebemos que papis havia ido trabalhar de carro! Mas isso não atrapalharia nossos planos de aproveitar as férias ... pegamos um táxi, simples assim!

ABRE ASPAS
Na quinta-feira anterior vovó (minha mãe E chefe, no caso) recebeu uma ligação da titia-avó (minha tia, no caso) avisando que a bisavó (minha vó, no caso) estava com pneumonia e estava num estado gravíssimo, entre a vida e a morte! Vovó/mãe/chefe pegar vovô/pai e titia/irmã pegam o carro e viajam 600km rumo à Cruzeiro do Oeste onde bisa e biso moram. Na verdade bisavó/vó estava hospitalizada em Umuarama, cidade próxima e com maior (a gente achou) infraestrutura hospitalar para atender bisavó/vó!
FECHA ASPAS

Com a viagem inesperada da vovó, paramos no consultório, colocamos siga-me do trabalho para o celular e pegamos outro táxi rumo ao shopping! Chegando lá nos deparamos com uma enorme pista de patinação no gelo (#ficaadica para as mamis de Curitiba, patinação no gelo no #ParkShoppingBarigui) do filme A Era do Gelo 4. Princesa não se interessou pela patinação, mas pelo filme ... foi daí que decidi leva-la pela primeira vez ao cinema!

Compramos ingressos naqueles caixas automáticos. Aproveitei e comprei a única opção de refrigerante que encontrei e pipoca salgada! Praticidade é o meu lema!

Almoçamos naquela rede podraaaassa de fast food do palhaço que realmente esta de palhaçada com aquele tamanho mini-micro de batata frita no lanche infantil e valor maxi-macro na hora de pagar! #horrível!

Tínhamos uma hora até o filme começar e fomos na loja de brinquedos quando minha mãe me liga. “Oi filha, tudo bom? Como vocês estão?! Estava pensando: porque não vem vocês duas para cá, acho que seria uma boa você ver o vô!”  .... “ É uma boa mãe, vou ver com o papis e vou na quarta ou quinta-feira né?!”  .... “Não filha, vem hoje de ônibus ou amanhã de avião!” .... simples assim!

Como sou #mamãeblogueira com orgulho e preciso (achava que precisava, mas vi que vivo sem –por alguns dias apenas) ando sempre com meu tablet e rapidamente fui atrás de passagem de avião, mas era muito alto e ainda só tem aeroporto em Maringá, então eu ficaria trinta minutos no céu e dois na estrada para chegar em Cruzeiro do Oeste/Umuarama! Achei ônibus leito naquela noite e comprei ... só deu tempo de ligar para o papis e falar “Papis, vamos para Cruzeiro tá?!” .... “Quando você pensa em ir, amanhã ou quarta?!” .... “Já comprei para hoje!” .... mais uma vez, simples assim!

Fomos ao cinema, e Sophia se comportou como esperado: uma princesa! Eu não entendi muito do filme porque não vi a terceira parte e confesso (que venham as pedras) não sou fã da série Era do Gelo!

Ah, esqueci de contar que a pipoca que comprei era um balde tamanho família plus-size e alimentava umas quinze pessoas e o refrigerante devia ter um litro e meio! Suuuper mico, me senti a mamãe gordinha, embora eu seja!

Papis nos buscou no shopping e só deu tempo de arrumar malas, esquecer roupas de meia estação para a princesa, tomarmos banho e, já que o dia era de porcaria, comer macarrão instantâneo!

A viagem foi aventura total! As luzes no busão se apagaram em minutos e o povo dormiu em segundo, e ficamos lá, eu e Sophia cochichando para ninguém brigar com a gente! Até esqueci minha mantinha no ônibus, #porcaria!

Chegamos em Cruzeiro do Oeste umas sete e meia da manhã, morrendo de sono e desejando um leite quentinho! Só deu tempo de dar OI para vovó/mãe, vovô/pai e bisavó/vó e dormir!

ABRE ASPAS
Milagrosamente bisavó/vó melhorou e no domingo teve alta! Enquanto meus pais levavam minha vó de carro para casa (lembrando que ela estava em Umuarama e mora em Cruzeiro do Oeste e apenas 36km separam as cidades) no sentido contrário meus tios levavam meu vô para o hospital ... ele estava com um soluço que começou as 21h aproximadamente do dia anterior, passou a madrugada inteira e não parou até as 16h!
FECHA ASPAS

Quando acordei só tive tempo de pedir para ver meu avô! E foi a melhor decisão que fiz na minha vida! Ele deu entrada no hospital por conta do soluço e os médicos estavam procurando alguma coisa no sistema digestivo, até endoscopia haviam marcado! PORÉM essa busca levou dois dias e não acharam nada, e claro que não iam achar, ele estava com broncopneumonia! Quando trocaram ele de hospital, um pulmão já estava condenado e o outro com metade infeccionado! Eu o vi em seu último dia de consciência, mas ele já não falava, pouco se mexia e seus reflexos eram muito lentos! Passaram-se mais três dias até recebemos a notícia que ninguém quer receber: meu avô faleceu!

E você pensa que a história das nossas férias acabou por aí, está muito enganado! Pois no sábado, dia do enterro do meu avô, minha prima recebeu a benção de ser mãe! Prematuramente a família recebeu a pequenina Anna Júlia! Tão linda, tão perfeitinha, tão tudo!

A família viveu num mesmo dia o sentimento de perder quem sempre se amou e ganhar alguém que amaríamos sem conhecer! E foi assim que eu mais uma vez aprendi que a gente não tem que apenas estar vivo, é preciso viver! Meu avô poderia estar vivo hoje, numa cama, com respiração artificial, enfermeiros, alimentação parenteral ... mas ele estaria vivo, apenas vivo e não vivendo! Infelizmente chegou-se num estágio que não havia escolha (e graças a Deus não somos nós que escolhemos isso), era viver e estar vivo! Ele está vivendo com o Pai!

Hoje estamos felizes porque temos uma nova vida na família, uma vida que é fruto da plantação do meu avô! Ele viveu por isso e nós vamos viver por isso, para que aquilo que benção que ele plantou, nós como herdeiros possamos colher!


VEJA MAIS POSTS SOBRE

7 comentários

  1. Amiga, comentei lá no Recanto o seu post.
    Que Deus esteja consolando o seu coração, dos teus pais e de toda a sua família.
    Beijos... Cida.

    ResponderExcluir
  2. Amiga,adorei o post.
    O Miguel tb tá doido pra assistir "a era do gelo",vou tirar um dia tb.
    Adorei como vc citou o Mac! rsrs
    sua princesinha tá a cada dia mais linda,amiga!
    E a sua cara! rs
    beijinho!

    ResponderExcluir
  3. Adriana Engelmeyer25 de julho de 2012 14:36

    Nossa Marcela...que história...gentem.....espero que você e sua família fiquem bem......perder alguém querido não é fácil.....ainda bem que de tudo isso uma nova vida apareceu para alegrar esses corações......bjus

    ResponderExcluir
  4. Querida Ma, que saudade!


    beijos,

    ResponderExcluir
  5. Uau! Força e carinho sempre! BeijoBeijo. Andrea e Lara. http://coisas-da-lara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Venho aqui convidar você para divulgar os artigos do seu
    site em um novo agregador de notícias...


    Acesse e conheça › www.noticias.googli.blog.br

    ResponderExcluir
  7. Má realmente nao sei muito o que dizer nessas horas! Fique bem se possível! Que os momentos bons com o seu avô fiquem na sua memória sempre te lembrando que é preciso VIVER sempre!!!! Viver a vida vivendo! E parabéns pela nova integrante da família! Bjo grandee

    ResponderExcluir

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.