Eu X Nós

18:35

Pois é, dias atrás eu tive que enfrentar uma árdua e difícil batalha, daquelas que você pensa que jamais irá passar na vida embora saiba que um dia ela chegará, mais será um dia, bem longínquo: escolher entre realizar um sonho seu OU realizar uma rotina com sua princesa. 

Bom, calma, eu explico tudo direitinho desde o início!

Há mais ou menos uns dez anos, quando minha irmã estava na faculdade e ia muito para a balada, ela conheceu um cara; ele é britânico, já tiozão na época, mas isso era apenas um detalhe ... o nome dele é Norman Cook. O que, você conhece ele também?!? Ah, sim, ele é o cara do Fatboy Slim, é verdade! Então, minha irmã conheceu ele num DVD chamado Fatboy Slim Big Beach Boutique II .

Ela chegou em casa falando que numa balada estava tocando esse DVD e que era simplesmente fantástico, que era do Fatboy Slim, o cara que cantava Praise You. Não lembra da música Praise You?!!? O clipe dessa música é uma espécie de flashmob, na época que provavelmente ninguém imaginava o que era nem seria flashmob num shopping. Lembraram?!!?

Daí, um amigo dela emprestou o DVD e nós assistimos. A partir daquele momento nascia um sonho ir num show do Fatboy Slim! Nós chegamos a comprar o DVD que, na época era importado e caríssimo.

Anos se passaram, e, eu tenho que confessar algo para vocês: eu nunca fui numa balada! #prontoconfessei! SIM, eu nunca comecei me arrumar as 22h30, sair de casa quase 24h, ficar na fila mais 1h, entrar num lugar lotado, som alto, enfrentar fila pro banheiro e chegar em casa às 6/7h! Eu NUNCA fiz isso. Minha balada era colocar o DVD do Fatboy Slim e dançar horrores em casa.

Engravidei, princesa nasceu, casei e, a cada dia esse sonho se tornava mais distante, na verdade, ele era esquecido, afinal, quando os rumos das nossas vidas mudam, mudam também o foco e, com certeza, um show do Fatboy Slim era algo muitíssimo menos importante nos dias de hoje.

Aí que, no final do ano passado, descobri que haveria show do Fatboy Slim em Guaratuba, litoral paranaense. Juro que quando descobri, fiquei até com pé atrás, afinal, não era possível, Norman Cook tão perto! Ele poderia ir para as praias gaúchas, catarinense, mas daqui do Paraná ... achei impossível e, tem mais, tenho apartamento em Caiobá (também é litoral paranaense), mas nunca vou e, daí a gente teria que estar lá, pegar ferry-boat ... nossa, juro que desisti ali mesmo!

Reveillon passou, novo ano começou e, na tarde do dia dois de janeiro, o papai estava trabalhando e a princesa estava na vovó e eu aproveitei que estava sozinha da deitar na casa, assistir televisão e descansar quando uma propaganda chama a minha atenção, a RPC TV, afiliada da Rede Globo no Paraná estava sorteando pares de ingresso para o show do Fatboy Slim, que aconteceria dia quatro e o resultado seria dia três. Para participar, além de se cadastrar no site, tinha que fazer uma frase. Bom, eu decidi participar, mas, sabia que jamais iria ganhar, até porque, sorte não é muito meu forte.

Eu fiz a tal frase que, juro, não me lembro o que escrevi e enviei. Contei para a geral, mas sem nenhuma grande expectativa de sucesso.

Dia seguinte eu e princesa fomos passar a tarde na casa de uma amiga da escola, tudo maravilhoso, quando, na hora de ir embora, pego o celular para ver horário, se havia mensagens e/ou e-mails e, tinha! Abri a caixa de e-mails e, para minha surpresa, havia um email da RPC TV. Na hora, confesso que pensei que pudesse ser uma confirmação de participação e blá blá blá, e realmente era um email confirmando a minha participação no concurso cultural e, que eu ganhei e que teria que pegar os ingressos na .... O QUE, EU GANHEI?!?!? UHUUUUUUUUULLLLLLL!!!’

Foto reprodução Instagram @monmaternite

Nem preciso dizer a minha felicidade, comemorei ali mesmo! Estava tremendo, não sei como consegui dirigir da casa da amiga da princesa até o apartamento da minha mãe. Quando cheguei lá, ligou pro papai para contar a notícia e perguntar “E daí, vamos?!”, mas ele trabalha no sábado e não teria como ir, já que o show seria numa sexta-feira. Então subi correndo para o apartamento da minha mãe para “convidar” minha irmã, mas ela não estava! Liguei e intimei “Você vai no show do Fatboy Slim comigo amanhã, né?!”, e ela aceitou!

Até aí, tudo felicidade, mas, teríamos que avaliar alguns pontos!

1 ... Se o apartamento da praia estava vazio;
2 ... Ir que horas;
3 ... Sophia!

Agora entra uma coisa que eu ainda não tive oportunidade de compartilhar aqui no blog: chicletinho da mamãe sabor Sophia! Pois é, de uns tempos para cá, Sophia até aceita ficar na casa da vovó, brincando, feliz da vida, até diz que vai dormir lá ... mas acaba voltando para casa porque não quer ficar longe da mamãe! Chora, grita, esperneia, faz birra e, avós manteigas que são, não gostam de ver a princesa chorando, nem que forem lágrimas de mentirinha, devolvem o pacote, então ... como deixar ela lá, sabendo que a probabilidade dela chorar horrores era enorme!? Coração da mamis ficou na mão!

Sobre o apartamento na praia, sabia que a sogra, bisa, cunhado, cunhada e sobrinhos haviam passado o Ano Novo, mas não sabia se já haviam voltado. Mandei mensagem, sogra respondeu que ela e a bisa estavam na praia ainda, então, perdi a vergonha e avisei “Eu e minha irmã estamos descendo amanhã para passar uma noite”; “Fiquem aqui sim”, ela respondeu!

A noite chegou e quem disse que eu conseguia dormir?! Ansiedade, nervosismo, medo, insegurança e incerteza! Sabe o que eu mais pensava: e se eu morrer no caminho ou me acontecer alguma coisa, como não iria me culpar por ter acontecido algo porque eu fui num show?! Será que eu sou a única mamãe do mundo pensa esse tipo de loucura além de mim?!? Pois bem, eu penso e chorava litros de imaginar eu num acidente de carro, num hospital ....

Quando “acordei”, ou melhor, levantei, conversei com o papai e ele super apoiou minha ida, disse que sempre quis ir e, agora que tinha a oportunidade iria jogar tudo para o alto, era apenas uma noite, como tantas que a princesa já havia dormindo na vovó. Então eu decidi que iria! Para um impulso maior, um cara da RPC TV me ligou confirmando que eu havia ganho o par de ingressos, então, era verdade mesmo o email! Arrumei a mala, esperei minha irmã e, let’s go!

A viagem de 100km foi muito mais tranquila do que imaginado, chegamos em Caiobá e, frio e chuva! Nossa, pensa desanimo?!? Éramos nós! Ah, mais tinha um detalhe, eu deveria pegar os ingressos na bilheteria da balada entre as 20h e as 22h, ou seja, teríamos que sair de Caiobá no máááááááximo às 19h, porque havia uma travessia de ferry-boat e havia também todo um movimento e, claro, A CHUVA!

Foto reprodução Instagram @monmaternite



Mas Deus estava no controle e, tudo foi muito tranquilo e chegamos no lugar lá pelas 20h30! Minha irmã passou o caminho inteiro reclamando que “aonde já se viu, ela se arrumando para uma balada as 18h, chegando lá às 20h30 ... tudo por minha causa”!

Foto reprodução Instagram @monmaternite

Chegamos lá e, óbvio, estava bem vazio! Deu até para comer uma batata-frita antes do lugar encher e a gente precisar dar um upgrade na vida e comprar pulseiras para a área vip! Quando foi 23h30 os telões avisavam que o maior, o melhor DJ estava ali FATBOY SLIM! Pensa alguém que gritava, pulava, estava desesperada de alegria e emoção?!? Era EU!!!!!  Foi tudo simplesmente maravilhoso ... embora a cada olhada para o lado de fora nos preocupava o fato de que a chuva também estava cada vez mais empolgada e animada!

Foto reprodução Instagram @monmaternite

O show durou mais de duas horas! Pouco mais de duas horas de muito energia, felicidade, empolgação, alegria e, um sonho realizado! A chuva desanimou ficar curtindo a noite, até porque havia uma volta num ferry-boat que muito nos preocupava, mas valeu!

Foto reprodução Instagram @monmaternite

Cheguei em “casa” as 4h e acordei meio-dia e fomos para a areia, tomar um sol e subir a serra! Chegamos, agradeci à Deus por nada dos meus pensamentos bobos ter acontecido. Abracei demais minha princesa amada e voltamos juntas para nossa casa! Dormimos juntinhas, de mãos dadas, como sempre.

Foi a primeira vez, desde que a maternidade me abençoou que fiz algo para mim, sem que minha princesa estivesse incluída ou mesmo que ela fosse “beneficiada”, se assim posso dizer!

Senti saudades?!? Claro que sim! Chorei na ida?!? Claro que sim! Lembrei dela no meio do show?!? Claro que sim! Faria novamente essa loucura?!? Claro que sim! Afinal, ser mamãe é ser feliz consigo mesma, não é mesmo?! 

Beijos, Má

VEJA MAIS POSTS SOBRE

6 comentários

  1. Realização de um sonho! Marcella, eu não me aguentei. Parabéns, você mereceu com certeza. Por mais que seja tarde temos que realizar todos os nossos sonhos, né?
    Você tá de parabéns


    Beijos
    Lilia

    ResponderExcluir
  2. Oi Má!! q doida vc!! kkkkkkkk amei sua narrativa. O coração aperta, mas precisamos ensiná-los a estarem bem não só conosco, né?

    Mas e show?! Td!!
    Eu tb num fui a balada, a hora q o povo está se arrumando e saindo de casa eu já tô chegando... e morta com farofa, como conseguem?! bjss

    http://cphilene.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  3. Super legal sua aventura Má.
    Eu confesso que já curti o FatBoy Slim em cima do Trio Elétrico em Porto Seguro. E o Tiesto também. Imagina só música eletronica no Trio Elétrico ???? Só no Carnaval da Bahia mesmo. Bjks

    ResponderExcluir
  4. Que bom que você teve esse momento pra ti, amiga. É muito bom curtir um pouquinho você, afinal vivemos 24 horas do dia sendo mães, de vez em quando é necessário e ótimo tirar uma folguinha e nos divertir! Fiquei feliz por você!

    Tenha um ótimo domingão...

    Abraço!

    www.asosmamaenadia.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Má, lembrei demais de mim lendo o seu texto, pode ter certeza que outras mães pensam exatamente como vc! Adorei ver que fez algo por ti, embora o medo tome conta de nós, não podemos esquecer que além de mães, somos mulheres, temos sonhos, vontades, como qualquer outra pessoa. Meu filho mais velho está neste mesmo grude comigo, chora, quer ficar colado, fico culpada quando saio sem ele, mas depois passa...

    Obrigada por compartilhar sua história, me fez refletir que mesmo com pensamentos "negativos" podemos sair e nos divertir sim!

    bjs Mari (meu mundo me inspira)

    ResponderExcluir
  6. Tatiane Rosa Domingues14 de janeiro de 2013 17:10

    Marcella,
    amei seu relato. Nossa, me senti no seu lugar, com a sua apreensão. Vibrei para você ir! Que bom que foi. Sua historia está demais de boa! Que bom que tive a chance de ler. Beijo

    ResponderExcluir

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.