Tem dias que a noite é ...

08:00

Se tem uma coisa que sempre fui e acredito que sempre serei é dorminhoca, para não dizer, preguiçosa. Para mim final de semana serve para dormir, sábado e domingo a tarde tirar cochilo é obrigatório, se não durmo sinto muita falta.

Meus pais não me deixavam ir para a balada, mas também não fez falta pois eu sempre achei um absurdo começar a se arrumar às 22h30 para sair às 23h30 e enfrentar fila para entrar num lugar lotado, barulhento e desconfortável e voltar para casa quando o sol nascer! Só de escrever e pensar nessa situação bocejei umas três vezes e me aconcheguei mais e melhor na minha cama.

No dia seguinte após a descoberta da gravidez uma mosca tsé-tsé picou todas as partes do meu corpo porque, meu Jesus, cada piscada era um sonho! Todos os dias eu dormia por volta das 15h, no meio do trabalho eu encostava a cabeça e dormia, daí chegava em casa lá pelas 20h, tomava banho, lanchava e dormia no início da novela, me lembro que estava passando “A Favorita” e todos os dias eu dormia quando começava a música da abertura!

Ninguém, ninguém me falou o concelho mais clichê da maternidade “durma tudo o que puder agora pois depois é complicado”, sim, aí vocês vejam como eu não tinha apoio sobre a maternidade.

Entrei em trabalho de parto por volta das 05h da manhã, e confesso que até a hora do parto desejei demais voltar para cama e dormir, mas as dores eram intensas e, como não esperava Sophia aquele dia, algumas coisas das lembrancinhas ficaram pendentes, então eu saí com o papis e minha mãe para ver os chocolates.

Sophia nasceu às 13h45min e o efeito da anestesia mais o sono pendente me fizeram dormir a tarde INTEIRA, Sophia também dormiu durante a tarde então ficamos todos felizes! Porém, a noite chegou, as visitas AND minha mãe foram embora e eu fiquei lá, com um bebê recém-nascido e um namorado derretendo de calor e morto de sono! #querominhamãedefine

No dia seguinte Sophia dormiu quase o dia todo e tudo foi feliz, mas uma bebê que dorme durante o dia ... fica acordado a noite inteira! Oooooo céus!

Os dias foram passando, as noites também, o sono chegando e a irritação crescendo! Sophia dormia o dia inteiro e eu não conseguia dormir ao mesmo tempo pois tinha medo dela morrer (OI?!?) e a noite estava podre e ela ficava acordada até umas 02h e “dormia” até as 06h ... confesso que essas quatro horas eu dormia e não pensava se ela estava sequer dormindo, eu apagava!

Até entrar na escola, a madrugada era do papai, eu me irritava por causa do sono e saia gritando pela casa, então ele ficava com ela até capotar para eu dormir, afinal, eu tinha um dia de Isaura lerê lerê pela frente! Após entrar na escola com sete meses, as noites ficaram menos difíceis quando o assunto era sono, mas em virtude dos 8196402360498 resfriados a coisa sempre foi tensa.

Um, dois, três, quatro ... pra ficar maneiro só depois dos quatro anos! Acho que hoje, com Sophia com quatro anos e meio eu posso afirmar com toda a certeza de que tenho sim uma noite completa de sono, desde a hora que eu sinto sono até a hora que preciso acordar para trabalhar. Há muito tempo não sei o que é passar noite em claro ou mesmo acordar de madrugada por causa de choro, mamadas, fraldas ou mesmo aquele despertar as 03h da madrugada achando que é 15h da tarde!

Eu sei, você que está lendo este post poderá achar que isso não acontecerá na sua vida, que parece tão longe, tão distante uma noite feliz, com sono e sonhos, mas eu garanto que ela existe ... não é como um pote de ouro no final do arco-íris.

Mais se posso dar um conselho de mãe “velha”, quando seu frutinho acordar, mesmo que naquela madrugada fria e você morrendo de sono, curta demais esse bebê pois eles crescem e nem ficam mais chorando por colo, pelo contrário, fogem de colos amorosos!

noite de sono do bebê blog Mamãe de Salto
Foto velhinha, Sophia ainda usava chupeta ... meu bebê cresceu!

Ai ai ... tô num momento melancólico pois minha princesa cresceu e não é mais aquele bebê que dependia de mim, mas daí começar novamente e voltar a ter noites em claro?! Por enquanto não ....

E você, como está sua noite de sono?!


Beijos e comenta,

VEJA MAIS POSTS SOBRE

1 comentários

  1. kkk reconfortante seu relato viu! A Isabel (1 ano e 5 meses)até que dorme bem, sempre dormiu bem, mas digo bem comparado com umas histórias que vejo por aí de bebês que acordam 5,6, 7 vezes durante a noite! Ela, muitas vezes, acorda, muitas vezes dorme tarde e acorda super cedo todas as manhãs... me sinto exausta, sempre! rsrsrs Mas é bom saber que um dia isso passa!!!

    ResponderExcluir

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.