Lar Doce Lar

10:11


Não existe lugar no mundo melhor do que a nossa casa! Não existe banho melhor, cama melhor, travesseiro, cheiro, aconchego melhor do que o da nossa casa. Comentei no facebook que iria viajar e aonde estava a comunicação era muito ruim, e foi assim que [sobre]vivi na ultima semana. 

Para quem não sabe minha família é do noroeste do estado do Paraná, meus pais nasceram e cresceram em Cruzeiro do Oeste e depois vieram para Curitiba aonde nasceu minha irmã e eu, e com três anos voltamos para o interior e morei por uns seis anos em Umuarama, cidade vizinha a Cruzeiro. 

A maioria dos meus tios e primos ainda moram na região e até ano passado meus avós também, mas em agosto de 2012 meu avô materno faleceu e minha avó decidiu que iria morar sozinha mesmo não tenho condições físicas para isso, então desde que meu avô faleceu, estamos indo com maior frequência para lá para dar amor, carinho, atenção .... 

Já fazia um bom tempo que eu e minha mãe tínhamos programado passar um semana por lá e dai que surgiu essa oportunidade e lá fomos nós, eu, papis, gatoca, mamis poderosa e papi soberano enfrentar quase 600km de estrada para cuidar da vó/bisa Olívia! 

Não vou entrar muito sobre detalhes da semana pois merece post a parte, mas foi muitíssimo importante essa semana para mim, meus pensamentos, minhas escolhas e minha vida! 

Claro que essa última semana foi de uma certa forma férias fora de época, gatoca por exemplo "matou" uma semana de aula! Acho que nem nas férias de verão ou inverno curti tanto minha filha como durante esses sete dias, quem sabe aproveitei a oportunidade de realmente descansar, sem a obrigação com os cuidados da casa, então acabei simplesmente relaxando e curtindo. 

Sophia curtiu demais a viagem, nos primeiros dias chegou a falar que não voltaria mais para Curitiba pois "aqui não tinha lugar para correr, brincar nem se esconder como em Cruzeiro", deu até um aperto no peito e uma sensação que a pior mãe do mundo, mas no dia que disse que iríamos embora para casa ela me abraçou e falou "obrigada mamãe, estou com saudades da nossa casa". 

O momento auge da viagem foi passar um dia no Paraguay, só que descobri que muito mais do que a orelha, o pé, os olhos e o calor, Sophia puxou ao papai o fato de não ser consumista! Acredita que não quis ganhar tudo o que queríamos comprar e ainda pediu para voltar para a casa da bisa!? Não sei aonde eu acertei! Imagine se fosse uma mini mamita!? 

Não sei como ficará a diagramação deste post, pois na correria da saída eu acabei esquecendo o carregador do computador na casa da minha avó e esse é meu primeiro post escrito 100% no iPad. 

Beijos e comenta, 

VEJA MAIS POSTS SOBRE

2 comentários

  1. Viagens sempre são maravilhosas.
    Mas realmente não tem nada como voltar pra casa.
    Bjks da Mãe Vaidosa

    ResponderExcluir
  2. Adoro viajar, conhecer lugares novos, mas nada como voltar para casa e curtir o meu cantinho.
    Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.