Escolha da escola – pré escola

08:00

Já compartilhei *AQUI* no blog como eu escolhi a escola que minha filha iria “estudar” no berçário ... muitas me pediram e hoje irei falar sobre a minha escolha de escola para a pré-escola, ou seja, o período dos quatro e cinco anos.

Eu não sei você, mas eu quero poder oferecer tudo o que tem de melhor, dentro das minhas possibilidades para minha filha e, por isso, quando decidi que iria voltar ao mercado de trabalho, optei por matricular Sophia numa escola, aonde ela seria mais do que assistida, alimentada e cuidada, ela seria estimulada.

Quando Sophia completou quatro anos ela passou para o que na escola dela chamam de nível quatro, o que na verdade é o pré I ou jardim I.



É bem verdade que com esse idade ainda não iremos dizer com certeza que escolhermos a escola perfeita, pois para nós mães, perfeição é poder ficar vinte e quatro horas cuidando e criando nossos filhos, mas posso garantir que você pode escolher uma excelente escola! Espero que com essas dicas que eu segui e sei que muitas mães também seguiram possam te ajudar a escolher a escola do seu filho!


è Ensino

Já ouvi uma profissionais falando que criança com quatro e cinco anos não precisam aprender a ler, escrever ... essa “responsabilidade” deverá ser oferecida os pequenos com seis anos, a idade em que eles são “obrigados” a entrarem na escola. Então esse é o primeiro ponto que você deve ter em mente ao escolher a escola na idade de quatro e cinco anos, você quer uma escola que já ensine, estimule seu filho a ler e escrever ou você acredita que isso é cedo demais e quer apenas que ele brinque!? OPS, você não tinha parado para pensar sobre isso?! Então aconselho você a pesquisar sobre os diferentes métodos de ensino como construtivista, Montessori, pragmatismo, tradicional, Waldorf ... esse texto *AQUI* é um bom começo para entender um pouco sobre esse universo educacional!


è Localização

Escolhido o método de ensino, hora de ver as escolas na sua cidade que se encaixem na sua escolha ... mais, posso dar aquela dica de amiga?! Procure uma escola próxima a sua casa! Minha filha estudou por uns três anos com um amigo que este ano saiu da escola, eu perguntei para a mãe o motivo e ela disse que era longe demais da casa dela ... fiquei sem entender já que ela trabalha super perto da escola e ela me explicou “A gente acorda cedo para eu entrar no trabalho, sem movimento levamos vinte minutos de casa para a escola, mas para sair da escola e ir até em casa no horário que saio do trabalho, tem dias que demoramos mais de uma hora, já passamos mais de uma hora e meia no trânsito, é muito desgaste para um bebê.”.


è Preço

Antes de eu ser mãe eu sonhava que meus filhos iriam estudar numa escola X daqui de Curitiba, quando Sophia nasceu eu fui consultar a escola, ver a mensalidade e anunciar meus rins para poder pagar os primeiros anos escolares! É bem verdade que por filhos fazemos alguns muitos sacrifícios, mas confesso que é muito importante você pensar se pagar uma escola acima do seu orçamento não trará complicações no futuro.


è Valores

Valores de caráter ou monetário?! Os dois! É possível sim fazer um esforço sobrenatural e pagar uma super escola para nossos filhos, mais e depois, como será o relacionamento com os colegas de um nível social tão diferente!? Tenho uma amiga que a mãe iria fazer o sacrifício de colocar numa escola com o valor da mensalidade alto para dar o “melhor ensino para minha filha”, mas com o tempo passou a ver o comportamento social da filha aonde os colegas viajam para fora do país mensalmente e ela não tinha como ir para Matinhos (litoral paranaense) alugar uma casa para o feriado pois todo o dinheiro era contado a partir da mensalidade da escola. Enquanto os amigos iam de motorista para a escola, ela ia de van ou mesmo de ônibus ... tão pequena já cobrava o porque não tinha o tênis caro, o brinquedo caro, a viagem cara!


è Material escolar

Eu já contei *AQUI* um pouco sobre minha infância escolar e como eu “sofria” a cada inicio de ano letivo por causa da compra do material escolar. Juro que imagino se eu estivesse na escola hoje e meu pai tivesse que comprar meu material, era infarto fulminante porque, como está caro coisas de papelaria! Se antes meu pai brigava porque tudo dava em torno de R$700,00, hoje uma lista de material escolar passa facilmente de R$1000,00 e, por isso, procurei uma escola que não tenha lista de material escolar, eu pago um valor justo e todos os amigos tem material igual, sem distinção entre valores e marcas!


è Período/Horário

Eu parto do principio raciocínio: se estou procurando uma escola para deixar meu filho que ainda não precisa ir para escola, é porque não posso ficar com ele em casa o dia inteiro, então preciso de um lugar que atenda horários compatíveis com horários comerciais. Geralmente trabalhamos oito horas por dia, se entramos no trabalho às 7h saímos as 15h e se começamos a trabalhar as 9h concluímos as 17h, por isso preciso pensar em um lugar que eu possa deixar meu filho antes e pegar depois do meu horário ... por isso é preciso ver se a escola atende em meio período e/ou período integral e se dá um tempo extra para buscar pois hoje o trânsito é presente nas principais e maiores cidades do país!


è Alimentação

Eu procurei uma escola que não pede lanche individual, ou seja, que oferece todas as alimentações necessárias para minha filha. Tenho uma amiga que matriculou a filha numa escola dos sonhos da vida dela (mãe) e depois que preencheu toda a papelada, pagou e pegou a lista descobriu que teria que levar lanche todos os dias ... no começou foi festa mas, após o primeiro mês todo o papo de alimentação saudável, balanceada e natural foi por água abaixo com sucos de caixinha e bolinhos individuais comprados no supermercado ... foi frustrante!


è Atividades extra curriculares

Eu sei que já exagero desejando que minha filha seja alfabetizada, mas aulas extra curriculares já não é demais!? Para mim não! Deixo minha filha o dia inteiro na escola e quero que ela tenha oportunidade de conhecer várias atividades e por isso escolhi uma escola que me oferecesse atividades que eu provavelmente procuraria fora da escola e teria que andar de um lado para o outro da cidade! De todas as opções dadas pela escola, escolhi todas: natação, ballet, judô, futsal e informática.


è Formação profissional

Se eu busquei uma escola que já comece a alfabetizar minha filha, procurei um que tivesse em seu quadro de professores com formação em letras e/ou pedagogia.


è Uniforme

Eu não sei sua opinião, mais para mim uniforme escolar é a vida! Nada mais fácil, prático e, principalmente seguro! Sem falar que acho importante as professoras também usarem uniforme igual ao dos alunos, assim eles sentem segurança e confiança, afinal, são todos iguais!


è Férias

Um assunto super importante é sobre férias escolares! Aí novamente eu penso que se vou colocar minha filha tão pequenina na escola é porque estou no mercado de trabalho que me dá direito a trinta dias de férias ... se a escola tem no verão e inverno um total de quarenta e cinco, sei lá, sessenta dias de férias, como fazer?! Então preciso escolher uma escola que entenda que não tenho tantos dias de descanso para curtir minha filha e, preciso de aulas e/ou colônia de férias nesse período que eu estou trabalhando.




Ufa, acho que é isso! Será que esqueci de alguma coisa?! Prometo que se lembrar de alguma coisa eu faço um update e divulgo novamente o post tá?!  

Espero que eu tenha ajudado .... na próxima segunda-feira minha gatoca começará as aulas, poderia estar mais ansiosa mas desde a semana passada ela já está na colônia de férias oferecida pela escola, então já está com os amigos do nível cinco!


Beijos e comenta,

VEJA MAIS POSTS SOBRE

1 comentários

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.