O caso do dente da Gatoca

08:30


O Caso do Dente da Gatoca ... blog Mamãe de Salto


Olá mamães, tudo bem!? Eu espero que sim!!

Antes de começar o post uma perguntinha: quando você leu o título do post você fez em pensamento ou em voz alta!? Independente do modo, foi com a sua voz!? É, foi o que imaginei ... se sim, tudo bem, era o esperado, mas como você é mãe você leu com a voz do Peixonauta né?! Hahaha ... acontece!

Bom, vamos voltar ao foco: o post.

Sempre pensei em escrever esse post antes desse momento, mas sabe uma coisa que você insiste em deixar para amanhã e, quando percebe, se passaram uns três anos!? Foi exatamente isso que aconteceu comigo, acho que deve ser porque sou mãe.

Bom, então vamos começar do começo e farei o possível para não ficar assim, tão longo ... vou tentar!

Como você deve saber, a vovó é dentista e eu trabalho com ela há dezesseis anos ~pois é, comecei com treze anos a trabalhar~ e fui obrigada a fazer vestibular para odontologia, mas taí algo que não rola; eu trabalho com a minha mãe por precisar ajudar minha mãe, quem sabe se ela fosse médica, advogada, pedagoga ou domestica eu trabalharia com ela, não é por amor à profissão. São tantos anos num consultório que digo que: se nada der certo, vou para a Índia ser dentista prática, daquelas de rua sabe?! pois, para isso eu até ia curtir. Então acho que posso dizer que casa de ferreiro o espeto é de pau né!? Eu ~graças a Deus~ nunca tive uma cárie, mas meus dentes eram mega ultra blaster tortos, um por exemplo era no céu da boca e na ortodontia para coloca-lo no lugar correto foi feita tanta força que o canal necrosou (morreu) e do dia para noite ficou cinza meu dente, fui na endodontista e para minha infeliz surpresa não tinha o que fazer, a raiz esta sendo reabsorvida e um dia, assim como ele morreu ele pode amolecer e eu o perder ... buááááá. Isso é só um exemplo de que Murphy é bacana #sqn quando o assunto é nada é tão ruim que não possa piorar.

O papis tem uns dentinhos pequeninos, gengiva alta, mordida cruzada e, para fechar com chave de ouro, mordendo uma bala quando criança deslocou a mandíbula ... o caso é tão sério que nem o ortodontista quis mexer, hahahaha! Pois é, vai vendo ... agora pense que nada é tão ruim que não possa piorar, então, para piorar: eu + papis = Gatoca!

O primeiro dentinho da Gatoca nasceu quando ela tinha onze meses e, ao contrário da maioria ~a prova de que a coisa não seria tão boa assim~, não foi um dos centrais inferiores, foi um dente superior, do lado direito que indicava ser o canino!?! Exatamente, logo o canino, aquele dente pontudo!? Bom, mas vamos em frente e ... eeeeeeee, tá nascendo dentinhos!!!

Depois que apontou o primeiro, vários apontaram e com ele os centrais inferiores, os centrais superiores, os laterais inferiores, os laterais superiores, os caninos inferiores, os caninos superiores, os mo ... ops, como é que é: caninos superiores?! Mas já não havia nascido um, só iria faltar outro, certo!? Errado ... nasceram dois caninos superiores. Então o que foi aquilo que nasceu no lugar do canino, com pontas de caninos mas não era o canino!? O que a gente achava desconfiava aconteceu: Gatoca nasceu com um dente extranumerário conóide. Ter um dente extranumerário é raro, um dente conóide é raro, agora ter um dente extranumerário conóide é ganhar na mega sena da virada sozinho ~preferia ter ganho o dinheiro!

Agora vamos aos dados mais técnicos:

Qualquer dente que exceda o número normal de dentes é denominado extranumerário ou supranumerário. Na dentição permanente são trinta e dois dentes e na dentição decídua (de leite) são vinte dentes.

Dentes conóides são, como o próprio nome diz, dentes em formato de cone. Geralmente um dos dentes ~maior frequência no lateral~ ganha a forma conóide e basta um tratamento estético com resina para deixar o sorriso harmonioso.
Gatoca com quatro anos com dente extranumerário conóide ... blog Mamãe de Salto
Infelizmente a Gatoca uniu os dois e, começou a ser um problema, afinal, os demais dentes começaram a cair e nada desde dente de leite a mais e com forma esquisita querer amolecer, com isso, um dos lados do rosto/sorriso começou a se desenvolver mais do que o outro.

“Ah, mas ele vai cair como os outros”, várias vezes ouvimos essa frase, mas era uma incógnita, já que geralmente os dentes extranumerários tem uma raiz mais forte e dos dentes conóides a raiz geralmente é cônica, como o dente, então aquilo parecia muito firme e forte.

Gatoca com quatro/cinco anos, sorriso com dente extranumerário conóide ... blog Mamãe de Salto

Tiramos radiografia e vimos que era apenas UM dente esquisito, o que foi um alívio, já que é muito comum quem tem dentes a mais ter mais alguns na gengiva que podem nem eruptar. Vovó uma vez tentou extrair um outro dente de leite da Gatoca mas tremeu, perdeu a coragem e o medo só aumentou ~esqueci de comentar que além do caso do dente, minha filha tem medo de extrair dentes de leite e ir na cadeira da vovó.

Os centrais que já haviam caído, diferente do tamanho dos dentes de leite, que puxaram aos dentes do papis, estavam vindo do tamanho de um chiclete Clorets e o malucão ali não estava deixando eles descerem, resultado: gengiva inchava, dor e início de uma inflamação.

Eis que um dia, num almoço na casa da vovó e do vovô, Gatoca fez manha e não queria comer, vovô coração molenga achou que a neta tinha seis meses e não seis anos e decidiu fazer aviãozinho com a comida, isso depois de deixar comer assistindo Netflix no celular, eu sei lá o que aconteceu que a vovó esbarrou no braço da mocinha, que bateu com o celular na mão do vovô que ia dar a colher de comida na boca e com isso bateu a colher no dente esquisitão e tóim, amoleceu o abençoado #TodosCelebramMenosAGatoca.

Enfim, isso foi em novembro. Todos os dias a gente queria ver se o abençoado estava mais mole, mas era um chororô sem final. Depois de algumas tentativas frustradas de amolecer cada vez mais e mais, ficou combinado entre papis e Gatoca que no dia primeiro de janeiro ela não sairia do quarto com o dente ... saiu; passou para o dia seguinte e só escândalo. Ganhou mais uma semana para fazer o exercício de soltar o dente de gengiva e nada feito, olha, quase que extraí o conóide, os que ainda iriam cair e os que já eram permanentes de tanta irritação.

Daí que sábado ela acordou e o papi falou “acho que você acordou corajosa hoje, vamos tirar o dente?!”, pronto começou o choro, grito, ranger de dentes, baixou a Vera Verão em mim, peguei a menina e fiz ela sorrir: o dente estava solto! Sei lá como que ainda estava na boca, pois se ela espirrasse o dente voava longe, ameacei que ia tirar, ela pediu para ir no dentista, eu disse que não, e lá foi ela com um pedaço de papel higiênico pro quarto dela ... passou um minuto voltou o dente caiu! Misericórdia, que alegria! Achei que esse dia nunca fosse chegar ... o tal do dente conóide extranumerário enfim caiu, sozinho, sem intervenção nenhuma.

Gatoca Banguela ... sorrindo sem o dente extranumerário conóide ... blog Mamãe de Salto

Eu poderia e, se fosse necessário, ter leva-lo ela á um odontopediatra, ~dentista especializado no atendimento de crianças~ porém eu não estava completamente em paz com a possibilidade de usarem óxido nitroso ~cheirinho anestésico~ para uma coisa tão “pequena”, temia dar alguma reação e me culpar pelo resto da vida. Desde que foi diagnosticado que era um dente “problema”, pedi a Deus um milagre.

E agora, bem, agora esse milagre aconteceu! Estamos com a porta da esperança aberta, a cada vez que Sophia sorri, eu sorrio junto. Estou em paz.

E a fada do dente  veio, levou o dente embora, deixou cartinha e dinheirinho. Obrigada fada do dente, estamos muito felizes com sua visita ... agora, uma pergunta que não sai da minha cabeça: será que era o The Rock?! Hahaha

cartinha da fada do dente para a Gatoca ... blog Mamãe de Salto
gif The Rock Tooth Fairy - O Fada do Dente



facebook  ~  twitter  ~  instagram  ~  youtube  ~  app

Beijos e comenta,

VEJA MAIS POSTS SOBRE

0 comentários

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.