Espírito Olímpico

11:22


olimpíadas rio 2016

Olá mamães, tudo bem!? Eu espero que sim!!

Está chegando o dia ... otimistas e, infelizmente os pessimistas de plantão, não tem mais como fugir, o Jogos Olímpicos Rio 2016 vão enfim começar! Hoje, por exemplo, mesmo não havendo a abertura oficial, já começa a competição. Fiquei felizona em descobrir que na televisão à cabo haverá mais de dez canais de uma mesma emissora transmitindo TODOS os esportes!

Basta olhar para meu físico para perceber que não pratico esportes, mas aprendi com a minha mãe a acompanhar com emoção jogos olímpicos, inclusive os de inverno que, particularmente, são meus favoritos!

Muito antes da Gatoca nascer, muito antes de pensar em ser mãe eu já tinha me programado que quando tivesse filhos iria proporcionar a prática de esportes, coisa que mesmo não tendo muito amor em executar, quando criança eu não tive oportunidade, por isso desde que Sophia foi para a escola e houve possibilidade matriculei ela em todas as opções para que ela tivesse contato.

No final do ano passado comecei a treinar boxe e adorei, mas as aulas são a noite e voltaram apenas em maio desse ano e com o frio intenso deixei um pouco de lado mas, para não ficar parada decidi conhecer um novo esporte ... algo que admiro s história, a filosofia e desde os dois anos vejo/acompanho Gatoca praticando: judô.

Muito mais do que uma atividade física, o judô tem me trazido uma série de mudanças e novas experiências, afinal, pelo meu estilo de educação, o contato corpo a corpo sempre foi uma espécie de tabu, nunca fui muito de tocar, encostar e na prática desse esporte, o que mais tem é contato corporal, e alguns movimentos eu confesso que até hoje não consigo fazer por vergonha de precisar “chegar junto”, tanto que pedi para o papis fazer junto mas não rolou.

Bom, judô é um esporte olímpico e com certeza um dos esportes que o Brasil tem maior destaque, se eu não me engano é o esporte individual que mais deu medalhas olímpicas para o país, por isso os judocas tem tanto carinho por esse momento, é bonito, comovente ver os olhos do sensei quando o assunto é Olimpiadas e ainda mais em terras nativas.

Eu não vou omitir, quero mesmo que seja tudo lindo. Como contei, herdei da minha mãe essa paixão pelos esportes, mesmo que somente assistindo. Lembro-me muitíssimo bem da abetura dos jogos de 2008, hoje sei que estava grávida e os hormônios influenciam bastante, mas à época chorava de emoção, torci, vibrei. Quero mesmo que seja sucesso e se tivesse oportunidade iria em várias disputas no Rio2016.

Desde o início do ano Gatoca tem aprendido sobre os jogos, coisa que eu precisei aprender com a vida mesmo ela já sabe com sete anos e acho um máximo. Há alguns meses a escola iniciou um projeto sobre a celebração que vai de ensinar a história até conviver com os esportes que fazem parte do espetáculo e para fala aprender sobre a origem, saber que existe as paraolimpíadas foi sensacional, mas nada bateu o fato dela ter sido escolhida para levar a “tocha olímpica” escolar ... nossa, me emocionou ver a alegria da Sophia, ela sabia da importância e da responsabilidade, e olha que foi só uma tocha simbólica.

Pois é, dias atrás nosso sensei ~professor de judô~ nos fez um convite: ter nosso momento simbólico de revezamento da tocha olímpica. Como assim Má!? Calma, eu vou te explicar! Um dos condutores convidados para participar do revezamento da tocha aqui de Curitiba ganhou dos patrocinadores a tocha oficial e ele gentilmente nos emprestou para que tivéssemos esse momento como judocas federados e como dizer não para esse momento único! Lá fomos nós, numa sexta feira chuvosa, fria ... mas o calor da emoção fez tudo ser incrível.

revezamento tocha olímpica rio 2016 ~ judocas esportistas de cristo Curitiba


Sophia estava radiando alegria e orgulho, mais uma vez me emocionei com a alegria dela. Existe algo nela que não sei explicar nem entender como surgiu, mas Gatoca é muito patriota! Sim, ela faz da bandeira do Brasil uma capa e passa o dia enrolada nela. Desde os cinco anos por vontade própria aprendeu a cantar o hino nacional e chora com notícias de desmatamento ou corrupção.

Vamos torcer, vamos celebrar, vamos fazer história. Esqueça o cenário político, centenas, milhares de esportistas treinam diariamente para esse momento e eles não merecem que nós estraguemos por causa de coisas que não tem nada a ver com isso. Que possamos vibrar com as conquistas dos nossos jogadores, lutadores, corredores, nadadores ... vai ser lindo se a gente torcer e fazer parte do #TimeBrasil!

tocha olímpica rio 2016 ~ judocas esportistas de cristo Curitiba

tocha olímpica rio 2016 ~ judocas esportistas de cristo Curitiba

facebook  ~  twitter  ~  instagram  ~  youtube  ~  app  ~  pinterest



 beijos e comenta,

VEJA MAIS POSTS SOBRE

3 comentários

  1. Os atletas não tem culpa do que o país se tornou, mas isso não é incomum, todo jogo da seleção brasileira gasta-se muito dinheiro no Brasil do mesmo jeito e mesmo assim ta todo mundo torcendo, que nossos atletas brasileiros consigam suas medalhas e vamos torcer por um país melhor.

    ritinhaangel.com.br

    ResponderExcluir
  2. Estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes, mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu.
    Gostei de tudo o que vi e li.
    Vim também desejar muita paz,saúde e grandes vitórias.
    São os votos do Peregrino E Servo.
    Abraço.
    Peregrino E Servo.

    ResponderExcluir

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.