Não desista dos seus sonhos

08:30


Olá mamães, tudo bem?! Eu espero que sim!!

Preciso falar, desabafar, compartilhar minhas alegrias com você. Senta aqui, tira o sapato, toma alguma coisa e vem conversar comigo.

cenas de Up Altas Aventuras, um filme sobre seguir sonhos


Você já sabe que nunca fui a melhor aluna na escola né!? Pois é, adorava ir para escola, não me importava em acordar cedo e se precisasse passava o dia inteiro, porém, toda via, entretanto, se o assunto fosse estudar, huuum, aí dava ruim, porque eu não gostava de estudar. Fazer trabalho e apresentar era super okay, mas estudar, fazer lição, prova ... blééééé. Sempre fui aluna mediana, tirava notas na média, afinal, era o que precisava para passar. Já tirei muuuita nota baixa, algumas altas, fiquei várias vezes de recuperação mas nunca reprovei. Meu maior problema era a conversa, meus pais já foram chamados pela professora para dizer que eu conversava demais e que precisaria mudar de lugar sempre que conversasse durante a aula, resultado: em um mês passei por todos os grupos da sala, fiz as mais estudiosas levarem bronca porque estavam conversando e voltei ao meu lugar de origem.

Quando chegou o tempo de escolher que curso iria fazer na faculdade, no primeiro momento fui obrigada a prestar vestibular para odontologia. Confesso que até pensei em estudar e passar pois pude prestar apenas em duas universidades: Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Universidade Estatual de Ponta Grossa (UEPG) e morar sozinha em outra cidade era um incentivo, mas não deu, tirei uma das maiores notas daquele ano em redação e devo ter acertado apenas uma questão em física na prova específica. No ano seguinte precisei conversar com meus pais e dizer que odiava odontologia e que aquilo não era o que eu queria fazer da minha vida ~ops, nessa brincadeira metade da minha vida já “perdi” trabalhando no consultório~ e depois da crise normal achando que tem tudo a ver, fiquei entre publicidade e propaganda e jornalismo e, por orientação do meu pai, que é jornalista, ele me instruiu a começar no jornalismo e depois se quisesse fazer PP, mas não o contrário. Segui as orientações dele e hoje, mais do que nunca, só posso agradecer!

Minha primeira parte como universitária foi aos dezoito/dezenove anos, entrei feliz da vida e cursei dois anos de jornalismo, só que sabe como é, os anos até podiam ter passado, mas eu continuava a mesma, apenas passava de ano sem ser uma boa aluna.

Um dia, quer dizer, em vinte e nove de outubro de dois mil e oito aquelas duas listras apareceram na fina tira de papel mergulhada no xixi e mudaram a minha vida em cento e oitenta graus. Hoje paro e penso que poderia ter sido diferente, mas não foi e eu não tive a oportunidade de concluir meus estudo, tranquei a faculdade achando que em breve poderia voltar, só que passaram sete anos e a cada réveillon eu via esse sonho morrer, afinal, a idade ia chegando e as dificuldades financeiras pareciam só aumentar, então esse sonho ia morrendo cada dia mais e mais, até o dia em que eu quase morri, e naquele momento eu não apenas descobri como decidi que iria lutar sim para realizar meus sonhos e não importava a idade, eu queria muito concluir meu curso e, após algumas conversas com o papis, alguns ajustes no orçamento e aquele tão esperando SIM, eu poderia voltar para o lugar da onde eu não deveria ter saído no meio do caminho.

cenas de Up Altas Aventuras, um filme sobre seguir sonhos

Já postei algumas imagens nas redes sociais ~se você não viu/curtiu é porque ainda não segue/curte o instagram e facebook do blog, basta clicar *AQUI* e *AQUI*~ sobre o processo de volta às aulas, inclusive tem post com as compras de material escolar *AQUI*, e fiquei tão mais tão feliz com o carinho que recebi, amigos vibrando comigo pela realização desse sonho.

Entrar na faculdade com quase trinta anos é uma decisão que precisou ser conversada com toda a família. Eu tinha um sonho que ia além da faculdade, tinha ainda o fato de ser uma universidade particular, então mais do que mexer na condição financeira, havia toda uma rotina que iria ser mexida: horário para levantar, Gatoca começaria a ir ainda mais cedo para a escola ~ela faz período integral mas nunca chegava tão cedo na escola~, depois haveria a saída do consultório e uma mobilização da geral para auxiliar na organização da casa.

No último dia vinte de fevereiro a minha vida mudou, nem acredito que enfim meu sonho se tornou realidade. Tenho certeza que nenhum dos meus colegas tem a verdadeira noção da alegria que estou, como entro naquela sala com sede e fome de conhecimento, de desejar ser a melhor jornalista daquela turma.

Hoje meu post é para você que tem um sonho e que a cada dia parece que ele é mais distante de realizar e com isso é mais fácil desistir. Não é fácil, assim como eu você também precisará fazer escolhas, para ir para a faculdade, por exemplo, assumi a responsabilidade de fazer ajustes do orçamento familiar e deixar para no mínimo daqui mais quatro anos uma possível gestação, só que depois da minha doença eu precisava desse novo rumo para minha vida, para ser feliz.

cenas de Up Altas Aventuras, um filme sobre seguir sonhos





Não desista dos seus objetivos, lembre-se que as pessoas que te amam torcem por você, planejar e organizar seus sonhos para que se realizem não é egoísmo, é buscar a felicidade. Demorei para entender que precisava correr atrás daquilo que me faria feliz, afinal, o tempo estava passando, os anos voando e eu iria chegar na velhice infeliz, sem ter o que contar para meus filhos e netos sobre o que me fez feliz, afinal, eu só estava fazendo o que deixava os outros felizes, os outros faziam o que queriam, precisavam da minha ajuda e eu cedia em tudo, esquecendo de mim, dos meus objetivos, das minhas metas, das minhas conquistas.

O ano começou há dois meses, nunca é tarde para começar a fazer o que te faz feliz. É um curso de costura ou maquiagem, é aprender a dirigir ou pintar, é começar a correr e participar de maratonas ... eu não sei, mas sei que está em tempo de você decidir fazer a mudança na sua vida e ser feliz! Vamos juntas!? Vamos começar 2017 conquistando sonhos!? Sigam-me os bons!

cenas de Up Altas Aventuras, um filme sobre seguir sonhos



facebook  ~  twitter  ~  instagram  ~  youtube  ~  app  ~  pinterest

beijos e comenta,  


VEJA MAIS POSTS SOBRE

0 comentários

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.