Eu não sabia que estava grávida

12:04

Olá mamães, tudo bom?! Espero que sim!!

Eu não tinha como não vir no blog deixar de contar essa história, essa experiência incrível que aconteceu na minha, quer dizer, nas nossas vidas há alguns dias. Tudo foi muito rápido e surreal, demorei para acreditar, compartilhei durante o processo com pouquíssimas pessoas, afinal, tinha até aquele certo medo de ser uma grande pegadinha do Malandro com direito a câmera escondida e salsi fufu ou ainda que não era bem aquilo que queriam e não iriam usar nada do que havia sido gravado conosco. Você pode pensar que sou a rainha do drama queen, só que não, é eterna síndrome do “conta, comemora e não dá certo”.

O blog Mamãe de Salto nasceu em fevereiro de 2011, dois anos após o nascimento da Sophia. Costumo dizer que nos dias de hoje, sou a blogueira raiz, aquela que começou por prazer, amor, vontade de traduzir os pensamentos soltos em palavras, principalmente por ter feito dois anos de jornalismo antes de ser mãe. Comecei com endereço blogspost.com, layout gratuito e incrementado no photoshop após descobrir que haviam kits digitais grátis de scrapbook. Com novas redes sociais sendo criadas, me via na necessidade de participar de todas, ou quase todas, principalmente por conta do nome, se perdesse o fio da meada alguém viria e pegaria o nome do usuário, o que não é difícil, basta entrar no google e pesquisar por mamãe de salto, verá inúmeros blogs e perfis em redes sociais com esse nome, alguns com a logo antiga do blog inclusive!

Enfim, criei página no facebook – se você ainda não curte, basta clicar *AQUI* e uma nova página abrirá para você reagir, comentar e compartilhar o que posto por lá; tem perfil no instagram – se se você ainda não segue, basta clicar *AQUI* e uma nova página abrirá para você dar like e comentar o que posto por lá; e por último mas não menos importante tem até canal no youtube – que se você ainda não é inscrito, basta clicar *AQUI* e uma nova página abrirá para você dar aquele joinha, ativar as notificações clicando no sininho e compartilhar com as amigas. No canal, eu optei por fazer vídeos sobre assuntos que tentava escrever um post mas por serem assuntos mais densos, toda vez que tentava escrever via uma Bíblia sendo reeditada, pois eram páginas e mais páginas no word que não conseguiam de maneira alguma explicar o que eu queria, precisava dizer.

Um desses temas que não consegui fazer em postagem e precisei passar para o vídeo foi sobre a descoberta da minha gravidez. Assistindo hoje ainda vejo que pulei muita informação, detalhe, comentário, isso que foram quase quarenta e cinco minutos hahahah.

O vídeo é de 2015 e até hoje recebo muitos e-mails, muitos comentários sobre o que falo nele. A maioria dos e-mails são de mulheres perguntando sobre a menstruação ou sobre a mudança do corpo e humor. Uma minoria manda mensagem dizendo que é impossível tudo o que aconteceu comigo, que falo isso para chamar atenção e que é meio óbvio quando a mulher engravida, afinal, além de parar de menstruar, tem enjoo, desejo, náusea, a barriga cresce e o bebê chuta.

Na grande parte do tempo leio isso e excluo a mensagem, outras acabam de afetando um pouco mais porque já ouvi algumas coisas desse tipo de pessoas próximas também, mas passa porque sei da verdade e sei de tudo o que aconteceu e vivi, vivemos.

Semanas atrás recebi um e-mail, mensagens na página do facebook. O assunto era sobre a descoberta da gravidez. Diferente da maioria que perguntava detalhes, como se estivesse sentindo, passando por aquilo e via em mim um google mais confiável, dessa vez queria apenas mais informações daquilo que eu já havia contado, mais riqueza nos detalhes. Terminava o recado dizendo que era para um programa da TV  Record e queria meu telefone. Pouco tempo após responder com meu número, recebo uma ligação. Do outro lado uma moça parece saber toda minha história, queria apenas mais detalhes, quem sabe aqueles que deixei de contar no vídeo. Sim, foi através daquele vídeo que chegaram até mim e da minha, opa, nossa história.   

Alguns dias se passaram desde o telefonema, bateu um medo. Contei apenas para o Ramon sobre o telefonema. De repente veio uma mensagem por whatsapp, eu havia sido escolhida para ser uma das personagens do Câmera Record, um dos programas da emissora. A perna tremeu. O coração acelerou. Pediram então o contato do meu obstetra, passei. Continuei sem compartilhar para as pessoas, poucas sabiam dessas conversas, confiava apenas para quem eu sabia que torceria por mim. Tudo era discutido pelo aplicativo de mensagem instantânea, inclusive que seria numa sexta-feira, às 16h que a equipe de São Paulo iria até minha casa fazer a entrevista. Naquele momento eu contei para algumas pessoas, inclusive para meus pais e para Sophia. Foi loucura, foi insano, foi surreal.



Foram quase quatro horas de entrevista, antes a equipe havia entrevistado o dr Edison, meu obstetra e segundo pai. Conversaram comigo, com Sophia, conosco. Apesar de ser toda extrovertida, ali me vi muitas vezes sem saber o que fazer. A boca ficava seca, as pernas tremiam.



Quando decidi criar o blog, não tinha intensão de expor a história da minha vida e com ela ficar rica e famosa. A ideia do Mamãe de Salto nasceu quando eu me vi sozinha, sem ter ninguém para conversar. Por não querer passar por aquilo novamente, pensei em compartilhar minha história e ser a amiga que alguém estivesse precisando ter. Quem sabe foi por isso que nunca “cresci” nesse universo online, nunca foquei em números e acessos, apenas em escrever quando tivesse algo para compartilhar, não apenas encher de conteúdo que não tivesse minha essência, minha alma, meu brilho.

No último domingo, 10.12.17 às 23h15 para todo o Brasil começou o Câmera Record na TV Record. Uma história, inclusive daqui de Curitiba, depois outra história, dessa vez a personagem era do estado de São Paulo. Já estava desistindo, achando que não havíamos entrado na reportagem, embora fosse um programa com cara de documentário, achei que após uma história de musa fitness que fez cirurgia de implante de silicone durante a gravidez e outra que descobriu no dia do parto, aonde minha história iria entrar. Seria mais uma que descobriu no “meio do caminho” apenas. Só sei que eu pisquei, quando abri os olhos lá estava eu no fundo do cenário do apresentador, eu, Ramon e Sophia. Deu até um fogacho. Pressão arterial deve ter subido inclusive e se não enfartei é porque problema cardíaco eu não tenho.


Minha, ops, nossa história foi contada. Recebi tantas mensagens de carinho. Todos os dias pessoas ainda aparecem contando que assistiram e ficaram abismados como tudo aconteceu.



Ah, se você ficou curiosa para saber o tal vídeo que postei no canal e que fez a equipe do Câmera Record me encontrar, pega a pipoca o café ou aproveita para se maquiar comigo. 


Mais uma vez quero agradecer a todo o pessoal da TV Record e a equipe do Câmera Record que fez um trabalho incrível conosco. Agradecer aos meus pais que estiveram nos bastidores durante a gravação e ao dr Edison, meu obstetra que aceitou participar e contar que sim, eu não sabia que estava grávida até a 26 semana!

Beijos e comenta, 

VEJA MAIS POSTS SOBRE

0 comentários

Obrigada! Seu comentário é muito importante para o crescimento do blog. Para quaisquer dúvidas e sugestões, mande um email para contato@mamaedesalto.com

Beijos, Má

Importante

Importante

Seguidores

© MAMÃE DE SALTO - 2016. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.